Movimentos Nômades de Cultura: Olhares de Dentro           Pontos de Cultura

Investe-se na transversalidade dos movimentos criativos que nos tocam e que podem contribuir para a amplificação e intensificação de ações e alianças; um colocar-se em movimento partindo de inquietações e interesses mais urgentes, e então compartilhar modos singulares de expor e dispor os elementos do problema que nos atravessam.

      Oficina/Laboratório de Cinema Documentário: memórias e futuros

O objetivo específico do Laboratório é o mapeamento e a documentação em audiovisual de movimentos culturais negros. Atualmente realizamos esse trabalho no distrito do Jabaquara, São Paulo-SP. Ao final do processo haverá uma mostra aberta ao público.

Método: desenvolver a potência de criar acontecimento nas práticas de registro audiovisual a partir da apreensão das emergências de zonas relevantes de tensão social. Interrogando os modos de atenção, apreensão e registro, problematiza os enquadramentos e suas durações, suas linhas de continuidade e seus cortes, suas conexões intrínsecas e/ou extrínsecas ao processo que os atravessa. Investe-se na modulação da iluminação, fazendo coincidir modos de iluminar o real-existente e modos de fazer existir ou criar o real-virtual. Esse método (registrar o acontecimento, jamais o fato) pode possibilitar a formação de uma tipologia de enquadramento. E nesse sentido, escolher e investir em políticas da luz ou dos modos de sentir. Dentre essas linhas políticas da sensação, uma das principais é aquela que privilegia a criação de jeitos singulares de apreender vozes, comportamentos e gestos silenciados, subsistentes, insistentes e inauditos, com condições precárias e frágeis de expressão. Aplicando a atenção na apreensão das zonas invisíveis do visível - mas que fazem ver ou o impedem -, ou insensíveis do sensível - mas que fazem sentir ou o impedem-, e nas zonas indizíveis do dizível - mas que fazem dizer ou o impedem.

Tema a ser abordado nos documentários: devires étnicos minoritários entre populações e/ou grupos afrodescendentes - manifestações vivas ascendentes de culturas de matrizes africanas hoje na cidade de São Paulo, sob o ponto de vista da incorporação das suas forças no cotidiano e no modo de compor as relações de sociabilidade, suas diferenças e memórias capitalizadas como criação de novos modos de civilidade: transmutações culturais.

Outros objetivos: promover a formação do olhar, criar novos modos de perceber, contribuir com a emergência de maneiras éticas de agir e com a formação de um público ativo. Nesse sentido, o projeto busca criar condições para a emergência de novas modalidades ativas de existir, tornando assim possível a superação das mais variadas formas de coação e rebaixamento do ser humano, utilizando-se das artes como meio propício para induzir não só a criatividade, mas também uma reação ativa por parte da comunidade.

2015

OFICINA/LABORATÓRIO DE CINEMA DOCUMENTÁRIO

Objetivo do projeto

Desenvolver a potência de criar acontecimento nas práticas de registro audiovisual a partir da apreensão das emergências de zonas relevantes de tensão social. Interrogando os modos de atenção, apreensão e registro, problematiza os enquadramentos e suas durações, suas linhas de continuidade e seus cortes, suas conexões intrínsecas e/ou extrínsecas ao processo que os atravessa. Investe-se na modulação da iluminação, fazendo coincidir modos de iluminar o real existente e modos de fazer existir ou criar o real virtual. Esse método (registrar o acontecimento, jamais o fato) pode possibilitar a formação de uma tipologia de enquadramento. E nesse sentido, escolher e investir em políticas da luz ou dos modos de sentir. Dentre essas linhas políticas da sensação, uma das principais é aquela que privilegia a criação de jeitos singulares de apreender vozes, comportamentos e gestos silenciados, subsistentes, insistentes e inauditos, com condições precárias e frágeis de expressão. Aplicando a atenção na apreensão das zonas invisíveis do visível - mas que fazem ver ou o impedem -, ou insensíveis do sensível - mas que fazem sentir ou o impedem-, e nas zonas indizíveis do dizível - mas que fazem dizer ou o impedem.

PRIMEIRA FASE

Ciclo de estudos e pesquisas em torno de filmes como: Nossa Música, Film-Socialism e Adieu au Language, de Jean-Luc Godard; China e Passageiro - Profissão Repórter, de Michelangelo Antonioni; Petit à Petit e Sigui, de Jean Rouch.

São seis eventos de Cinema Nômade, compostos por: exibição, análise do ponto de vista estético e filosófico e debate.

Num segundo momento, no Núcleo de Pesquisa e Criação em Cinema, há pesquisa e improvisação prática na criação de matérias e cenas para documentário.

Local: Centro Cultural Jabaquara - Território Mãe Silvia de Oxalá

Início: 02 de março de 2015

Horário: segundas-feiras das 13h00 às 17h00 e durante as filmagens

Participação Gratuita

Realização: Ponto de Cultura Movimentos Nômades de Cultura: Olhares de Dentro

Apoio: Prefeitura de São Paulo - Secretaria Municipal de Cultura / Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural / Ministério da Cultura / Cultura Viva

SEGUNDA FASE

1. Pré-produção: pesquisa em campo e desenvolvimento de roteiros.

2. Criação: filmagem e finalização de vídeos.

3. Mostra: mostra dos vídeos produzidos no projeto, mostra de vídeos autorais de artistas selecionados por meio de concurso e debate com convidados.

Os selecionados para participar do projeto passarão por um processo completo de aprendizagem estética.

1. Aulas de estética em cinema (reflexão acerca de obras de importantes cineastas, como Godard, Jean Rouch e Vertov).

2. A partir de roteiros pré elaborados os aprendizes serão desafiados a colocar em prática as idéias e produzir os vídeos.

3. Acerca dos vídeos produzidos será problematizada a profundidade das obras sob o ponto de vista estudado nas aulas de estética, e então os vídeos passarão por processos de transformação sob a orientação dos realizadores do projeto.

Local: Centro Cultural Jabaquara - Território Mãe Silvia de Oxalá

Início: 03 de agosto de 2015

Horário: segundas-feiras das 13h00 às 17h00 e durante as filmagens.

Participação gratuita

Realização: Ponto de Cultura Movimentos Nômades de Cultura: Olhares de Dentro

Apoio: Prefeitura de São Paulo - Secretaria Municipal de Cultura / Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural / Ministério da Cultura / Cultura Viva

2014

CINEMA NOMADE (aula-laboratório com exibição de filme)

Em 2014 e 2015 a Escola Nômade realizou ciclos de eventos de Cinema Nômade no Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes, em unidades da Fundação Casa e em Bibliotecas Públicas Municipais da Cidade de São Paulo, pela primeira vez em formato de Laboratório. Os laboratórios têm como objeto a problematização dos movimentos minoritários, sociais, raciais/étnicos e culturais. As minorias quando querem ser maioria buscam a identidade como uma arma, o que, no entanto, pode contradizer os movimentos de afirmação de suas singularidades e diferenças. Para colocar o problema e esboçar linhas de liberação geradoras de autonomia para movimentos minoritários, foram realizadas exposições teóricas sobre a natureza do Estado, da Identidade e da Diferença como crítica e ponte para transmutar os modos de se fazer cultura viva.

Bibliotecas Municipais da Cidade de São Paulo


Menotti Del Picchia e Affonso Taunay

23 de maio de 2014 às 14h00 na Biblioteca Menotti Del Picchia
Filme: Raul - O Início, o Fim e o Meio, Dir: Walter Carvalho

26 de maio de 2014 às 14h00 na Biblioteca Affonso Taunay
Filme: Raul - O Início, o Fim e o Meio, Dir: Walter Carvalho

29 de maio de 2014 às 14h00 na Biblioteca Menotti Del Picchia
Filme: Jogo de Cena Dir: Eduardo Coutinho

02 de junho de 2014 às 14h00 na Biblioteca Affonso Taunay
Filme: Narradores de Javé, Dir: Eliane Caffé

05 de junho de 2014 às 14h00 na Biblioteca Menotti Del Picchia
Filme: Príncipes e Princesas, Dir: Michel Ocelot

09 de junho de 2014 às 14h00 na Biblioteca Affonso Taunay
Filme: Estamira, Dir: Marcos Prado

16 de junho de 2014 às 14h00 na Biblioteca Affonso Taunay
Filme: Madame Satã Dir: Karim Ainouz

26 de junho de 2014 às 14h00 na Biblioteca Menotti Del Picchia
Filme: O Fim e o princípio Dir: Eduardo Coutinho

02 de agosto às 13h00 na Biblioteca Municipal Menotti Del Picchia
Filme: Nossa Música (Notre musique, França, 2004, 76 min, Direção: Jean-Luc Godard)

06 de agosto às 14h40 Biblioteca Municipal Affonso Taunay
Filme: Príncipes e princesas (Princes et Princesses, França, 2000, 70 min, Direção: Michel Ocelot)

16 de agosto às 13h00 na Biblioteca Municipal Menotti Del Picchia
Filme: Profissão: Repórter (Professione: Reporter, Itália, Espanha, França, 1975, 125 min, Direção: Michelangelo Antonioni)

20 de agosto às 13h00 na Biblioteca Municipal Affonso Taunay
Filme: Príncipes e Princesas, de Michel Ocelot


Fundação Casa

Eventos realizados em parceria com o CENPEC no complexo Raposo Tavares da Fundação Casa para jovens a partir dos 13 anos em medida socioeducativa.

24 de junho de 2014 às 13h30 para jovens entre 13 e 17 anos
Filme: O Solitário Anônimo, Dir: Debora Diniz

04 de julho de 2014 às 13h30 e às 16h30 para jovens entre 15 e 18 anos
Filme: O Solitário Anônimo Dir: Debora Diniz


Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes

Eventos realizados para público do CAPS - Centro de Atenção Psicossocial
Endereço: Rua Inácio Monteiro, 6.900 - Cidade Tiradentes

03 de junho de 2014 às 14h00 no Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes
Filme: Raul - O Início, o Fim e o Meio, Dir: Walter Carvalho

04 de junho de 2014 às 14h00 no Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes
Filme: Estamira, Dir: Marcos Prado

06 de junho de 2014 às 14h00 no Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes
Filmes: Solitário Anônimo / A Margem do Corpo Dir: Debora Diniz

11 de junho de 2014 às 14h00 no Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes
Filme: Narradores de Javé Dir: Eliane Caffé

2013

Bolsa FUNARTE Interações Estéticas

Residências Artísticas no Ponto de Cultura Movimentos Nômades de Cultura

O projeto Corpo como cruzamento de intensidades - Residência no Ponto de Cultura Movimentos Nômades de Cultura coordenado pelo bailarino gaúcho Michel Capeletti em parceria com o Ponto de Cultura Movimentos Nômades de Cultura e através da Bolsa Interações Estéticas - Residências artísticas em pontos de cultura 2012 realizará, na cidade de São Paulo, diversas atividades com o foco na relação entre a criação cênica pelo movimento e a discussão proposta pelas técnicas de Educação Somática (com ênfase na Técnica Alexander) que vem sendo amplamente pesquisadas por profissionais de dança, teatro e performance por seu potencial no treinamento técnico, na construção da expressividade e nos processos de criação e ensino. Dando início ao projeto de residência serão realizadas as atividades Laboratório de Criação e Espaço Aberto que tem em comum o desejo de abrir um espaço para pensar técnica, teoria e representação como momentos igualmente importantes do processo artístico, sem gerar dicotomias.

Laboratório de Criação

O Laboratório de Criação pretende ser um espaço para discutir, criar e desenvolver seus próprios trabalhos a partir da ideia da criação cênica pelo movimento. O foco da oficina será a improvisação em relação às técnicas somáticas (com foco na Técnica Alexander).

Quando: quartas e sextas das 15h às 17h

Endereço: Rua Três Rios, 361 – Bom Retiro

Participação gratuita

Espaço Aberto

O Espaço Aberto será um atelier para promover a discussão, a relação e a experimentação entre diferentes horizontes criativos, pretendendo estimular a prática e o pensamento de acordo com o material artístico e imagético que cada participante acrescentar ao grupo. Neste encontro teórico-prático serão trabalhados exercícios/experiências propostos pelo coordenador do projeto e outras referências que os participantes acrescentarem a investigação.

Quando: sábados das 10h às 12h

Endereço: Rua Três Rios, 361 – Bom Retiro

Participação gratuita

Abril a junho de 2013 | Pompeia, São Paulo/SP

Oficina/Laboratório Reportar e Documentar

Reportar ou desdobrar e deslocar percepções que criam acontecimento nas práticas de registro audiovisual a partir da apreensão das emergências de zonas relevantes de tensão social. Atmosfera em que cada participante é estimulado a desenvolver seu próprio projeto ao mesmo tempo em que o experimenta e o põe a prova na conexão com o grupo.

Quando: terças-feiras das 19h00 às 22h00

Endereço: Rua Wanderley, 145

Participação gratuita

2012

Abril a dezembro de 2012 | São Paulo/SP

Oficina de Cinema, Vídeo e Fotografia

Reportar ou desenvolver a potência de criar acontecimento nas práticas de registro audiovisual a partir da apreensão das emergências de zonas relevantes de tensão social. Atmosfera em que cada participante é estimulado a desenvolver seu próprio projeto ao mesmo tempo em que o experimenta e o põe a prova na conexão com o grupo.

Quando: quintas-feiras das 20h00 às 22h40

Endereço: Rua Três Rios, 361 – Bom Retiro

Participação gratuita

Abril a julho de 2012 | São Paulo/SP

Oficina de Experimentações em Espaços Públicos

Investe-se um uso de zonas aleatórias, vácuos e entre-tempos não percebidos como matéria de criação. São espécies de saraus de passagem em espaços públicos, comuns ou restritos. Os eventos podem ser regidos por um motivo ou recorte temático comum e disparador de ações, previamente escolhido. O critério da escolha é uma espécie de urgência problematizadora do uso dos tempos, movimentos e velocidades dos gestos e expressões corporais e vocais.

Horário: sábados das 14h as 18h

Endereço: Rua Wanderley, 145

Participação gratuita

2011

Abril a dezembro de 2011 | São Paulo/SP

Oficina de Experimentações em Espaços Públicos

Investe-se um uso de zonas aleatórias, vácuos e entre-tempos não percebidos como matéria de criação. A ideia é tecer relações virtuais ao mesmo tempo variáveis e duráveis, cuja continuidade é autoengendrada por modos ético estéticos de perceber e agir, ou seja, a instituição de devires geradores de história e memória, e portanto, cultura. São espécies de saraus de passagem em espaços públicos, comuns ou restritos.

Um exercitar a apreensão do tempo oportuno kairós do pôr-se em experimentação, encontrar zonas de coincidências, atmosferas comuns ou passagens indiscerníveis no tempo e no espaço.

Os eventos podem ser regidos por um motivo ou recorte temático comum e disparador de ações, previamente escolhido. O critério da escolha é uma espécie de urgência problematizadora do uso dos tempos, movimentos e velocidades dos gestos e expressões corporais e vocais.

Nesse sentido, criam-se condições para emergências descentralizadas e imprevisíveis de atos excêntricos orquestrados por zonas intensivas de um desejo trans coletivo de movimentos acéfalos. Isso tudo com continuidades consistentes e retomadas autônomas dos jogos de intervenção e composição com a realidade que se apresenta ininterruptamente.

Quando: encontros, ensaios, debates e palestras realizados quinzenalmente


Oficina de Cinema, Vídeo e Fotografia

Reportar ou desenvolver a potência de criar acontecimento nas práticas de registro audiovisual a partir da apreensão das emergências de zonas relevantes de tensão social. Atmosfera em que cada participante é estimulado a desenvolver seu próprio projeto ao mesmo tempo em que o experimenta e o põe a prova na conexão com o grupo.

Endereço: Rua Wanderley, 145

Quando: quintas-feiras das 20h00 às 22h40

Corpo-Educação-Arte

Contemplado com o Prêmio Interações Estéticas 2010 - Residências Artísticas em Pontos de Cultura da Funarte / Ministério da Cultura, este projeto foi realizado pela atriz e performer Silvana Abreu, em parceria com o Ponto de Cultura Escola Nômade de Filosofia.

Foram realizados experimentos práticos utilizando técnicas do teatro físico, dança e performance, aliados a conceitos da filosofia contemporânea, para expressar, criativa e poeticamente, questões e problemas enfrentados diariamente no processo educativo escolar. Ao final tivemos uma performance pública, como resultado do processo e das vivências.

O que aconteceu durante a realização do projeto?
Encontros semanais com Silvana Abreu aos sábados das 14h30 às 15h30 • de 2 de abril a 25 de junho de 2011

Total de pessoas inscritas: 156

Encontros filosóficos com Luiz Fuganti

Educação para a Potência - 16 de abril de 2011
Corpo e Educação - dia 14 de maio de 2011
Desejo e Vocação - dia 11 de junho de 2011
Participação gratuita

2010

Fevereiro de 2010 | Guarulhos/SP

I teia paulista de pontos de cultura

Exibição do filme Estamira (Marcos Prado), exibição em telão de uma exposição-experimentação de fotos e spots de videos provocadores de reflexões que atravessam o tema do filme.

Horário: 15h30

Oficina de Cinema, Vídeo e Fotografia

Quando: encontros realizados semanalmente, as quintas-feiras, das 20h00 as 22h40

Endereço: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Improvisação em Intervenções Artísticas Urbanas

Quando: encontros, ensaios, debates e palestras realizados quinzenalmente

Endereço: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Junho a dezembro de 2010 | São Paulo/SP

Núcleo de cinema e multimídia

Este núcleo investe no estudo e pesquisa de práticas e modos de registro ou expressões multimídias, compondo-se de matérias e tecnologias que coexistem e coincidem através de múltiplas interfaces, inter-relacionando fotografia, vídeo, imagem e áudio. Contempla diversos processos que ora se sucedem, ora coexistem, tais como registros diversos, dispositivos técnicos e uso diferencial de equipamentos, bem como criação de roteiro, montagem, edição, produção, etc, além de um investimento direto na produção de olhares, percepções e sensações como elementos compositores da obra de arte.

Endereço: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Fevereiro a dezembro de 2010 | São Paulo/SP

Laboratório Modos de Vida Ativos

Quando: encontros mensais

Endereço: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

2009

Improvisação em Intervenções Artísticas Urbanas

O Núcleo tem o objetivo de criar, experimentar e estudar sensações intensivas e imediatas em espaços públicos.

Realizam pesquisas sobre modos de expressão, improvisação e intervenção em espaços públicos com a proposta de desenvolver uma linguagem livre de condicionamentos e referências sem a submissão aos limites permitidos das imagens gestuais na medida em que investem um uso de zonas aleatórias, vácuos e entre-tempos sutis à percepção como matérias de criação.

Um dos objetivos do núcleo é desenvolver uma expressão artística que não determine a necessidade de público. Em algumas de suas atividades nas ruas, os transeuntes apreendem múltiplas sensações que criam uma atmosfera de investigação, não de resultado ou espetáculo.

Atualmente pesquisam a obra de Samuel Beckett com a finalidade de criar uma intervenção que reflita o estado de espera por um acontecimento. Interligado a esse estudo desenvolvem um projeto de ocupação na Praça Roosevelt todas as terças-feiras e finais de semana; e diversas oficinas tanto na praça quanto em todo o centro da cidade que tem como foco de pesquisa o morador de rua.

CALENDÁRIO

MARÇO
Dia 21 às 11h - Ponte Estaiada (Marginal Pinheiros)
Dia 27 às 19h - Túnel Ayrton Senna (sentido Vila Mariana)

ABRIL
Dia 04 às 10h - Estação da Luz
Dia 25 às 11h - Parque do Ibirapuera

MAIO
Dia 09 às 15h - Praça Roosevelt
Dia 23 às 10h - Viaduto do Chá

JUNHO
Dia 20 às 10hs - Rua 25 de Março, Metrô São Bento saída ladeira porto geral
Dia 26 às 14hs - Cemitério do Araçá

JULHO
Dia 02 às 14hs - Vão do Masp
Dia 03 às 13:30hs - Rua São Caetano (Rua das Noivas)
Dia 24 às 12hs - Av. Paulista, em frente ao Shopping Paulista

AGOSTO
Dia 01 às 21hs - Praça Roosevelt
Dia 07 às 23hs - Rua Augusta, em frente ao Banco Safra Av. Paulista esquina R. Augusta
Dia 21 às 18hs - Canteiro 23 de Maio - Ponto de encontro - Centro Cultural (Vergueiro)

SETEMBRO
Dia 13 às 09hs - Igreja Consolação
Dia 25 às 14hs - Aeroporto de Congonhas
Dia 26 às 09hs - Morador de rua: olhar e percepção - Trajeto pelo Centro - Saída: Praça da Sé (interligada a oficina de fotografia e vídeo)

OUTUBRO
Dia 03 às 14hs - Morador de rua: criação de figurino, Rua Arruda Alvim, 112 Clínicas
Dia 11 às 9hs - Morador de rua: vivência - Praça Roosevelt
Dia 17 às 09hs - Morador de rua: vivência - Trajeto pelo Centro - Saída: Praça da Sé
Dia 24 às 14hs - Experimentação de si: perda da identidade - Experimentações no Metrô e em Ônibus - Saída: Estação Clínicas do Metrô

NOVEMBRO
Dia 01 às 8hs - Morador de rua - vivência: Pátio do Colégio e arredores
Dia 03 às 19hs - Morador de rua - vivência: Praça Roosevelt
Dia 07 às 8hs - Morador de rua - vivência: Pátio do Colégio e arredores
Dia 10 às 19hs - Habitar a rua - esperar por um acontecimento: Praça Roosevelt e arredores
Dia 17 às 19hs - Habitar a rua - esperar por um acontecimento: Praça Roosevelt e arredores
Dia 20 às 9hs - Habitar a rua - esperar por um acontecimento: Pátio do Colégio e arredores
Dia 21 às 9hs - Habitar a rua - esperar por um acontecimento: Pátio do Colégio e arredores

Março a junho de 2009 | São Paulo/SP

Oficina de Linguagem

Emissão transmissão e produção de signos. Temas fundamentais: Discurso indireto livre, polifonia, transformações incorporais, atos de fala (performativo e ilocutório), palavras de ordem, agenciamento coletivo de enunciação, quarta pessoa do singular (fala-se). Desconstrução das estruturas e constantes linguísticas como plano unificador dos signos que submetem o uso da linguagem a um princípio de integração exterior à vida e reencontro com as dimensões imanentes de um fora da linguagem, enquanto variações intrínsecas que constituem as condições de dizibilidade e enunciação: Forma de expressão. Liberar a linguagem dos regimes de signos reencontrando seus fatores de variação e seus tensores linguísticos.

Endereço: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Data de início: 16 de março de 2009

Quando: encontros quinzenais às segundas-feiras, das 19h às 21h

Agosto a dezembro de 2009 | São Paulo/SP

Oficina Corpo do Som

No início de cada oficina, o grupo ouve uma música escolhida entre as vanguardas musicais do século XX, indo do Debussy, Stravinski, Schoeberg até Boules, Stockhausen, Berio, Ligeti, Cage, Xenakis. Fazendo também um passeio por músicos do Free-Jazz como Cecil Taylor, Albert Ayler, Ornette Coleman, Pharoah Sanders, Sun Ra e Marshall Allen. Após, discutem as sensações provocadas em cada um com o objetivo de relacionar tais sensações com a vida cotidiana e com o contexto histórico atual, tecendo estudos sobre as ressonâncias entre diferentes épocas e ampliando as maneiras de perceber o mundo.

Endereço: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Data de início: 10 de agosto

Quando: encontros quinzenais às segundas-feiras, das 19h às 21h

Agosto a outubro de 2009 | São Paulo/SP

Oficina de vídeo/cinema documentário

Problematiza a relação ficção – realidade segundo a multiplicação dos pontos de vista na articulação plano/enquadramento/montagem. A ideia principal é apreender vozes silenciadas ou subsistentes/insistentes com condições precárias e frágeis de expressão. As saídas a campo das oficinas de fotografia e vídeo acontecem no mesmo momento.

Endereço: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Laboratório Educação para a Potência - Filosofia na primeira idade

Endereço: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Oficina e vivência de fotografia crítica/artística e desconstrução do olhar

A oficina investe no ponto de vista crítico, seletivo e inventivo da fotografia, desconstruindo as maneiras de perceber as imagens e os movimentos e desenvolvendo o pensamento desse modo de expressão.

Endereço: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

CALENDÁRIO

22 de Agosto às 9h - Estação Sé do Metrô
29 de Agosto às 22h - Rua Augusta
30 de Agosto às 17h - Rua Paulista e MASP
02 de Outubro às 22h - Região da Baixa Augusta

2008

Março a outubro de 2008 | São Paulo/SP

Experimentações cênicas e Intervenções urbanas: diagramas sociais

Objetivo: Mapeamento afetivo dos territórios urbanos; apreensão de um campo abstrato de forças através dos movimentos, gestos, paisagens e equipamentos urbanos, tomados como sintomas e respostas de um campo problemático dos modos de efetuação das potências de uma sociedade.

Data de início: 11 de março de 2008

Horário: quinzenal aos sábados, das 14h às 17h

Ponto de encontro: Praça Dom José Gaspar

Oficina de vídeo/cinema documentário, vivência de fotografia crítica/artística e desconstrução do olhar

A oficina investe no ponto de vista crítico, seletivo e inventivo da fotografia e do vídeo, desconstruindo as maneiras de perceber as imagens e os movimentos; desenvolvendo dessa maneira o pensamento nesses modos de expressão.

Local: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Oficina de Paradoxos (Laboratório de Educação para a Potência)

Atividades duplamente experimentais, envolvendo simultaneamente pensamento e corpo nas práticas de si e na estilização da existência. Compõem-se de mini-laboratórios com duração determinada. Quando a atividade tem duração indeterminada torna-se núcleo de estudo e pesquisa.

Mapeamento, estudo e experienciamento de paradoxos, anedotas e máximas desde a filosofia antiga, passando pela arte e literatura, incluindo aqueles pensados pelos lógicos modernos.

Suspensão, escuta, entendimento, abertura a múltiplos simultâneos sentidos e criação de horizontes sempre transbordantes - apropriação da potência disjuntiva, são ousadias comungantes a esta oficina.

Local: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Data de início: 01 de agosto de 2008

Horário: quinzenal às sextas-feiras, das 14h às 16h

Duração: 04 meses

Oficina de Corpo

A cada encontro um participante propõe um exercício corporal e após sua realização pelo conjunto dos participantes, conversam sobre as mudanças que se apresentaram tanto no corpo quanto nos pensamentos e sensações. Tem como objetivo o desenvolvimento de exercícios inéditos para que as sensações mais intensas atingidas sejam apreendidas, conquistadas e disponibilizadas numa prática que os sintetizem. A intenção é que se criem exercícios que levem a um aproveitamento mais intenso, criativo e lúdico do corpo, inventando, para este, novas potencialidades.

Local: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Data de início: 16 de agosto de 2008

Horário: quinzenal aos sábados, das 10h às 12h

Duração: 04 meses

Oficina de Colaboração em Rede

Esta oficina aborda tópicos de tecnologias de colaboração on-line disponíveis na web, servindo-se de software livre e dispositivos e aplicativos de código aberto, desenvolvidos em plataforma Linux.

Local: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Data de início: 07 de abril de 2008

Horário: segundas-feiras, das 15h às 17h

Duração: 03 meses

Núcleo Espaço Literário

Estudo da Literatura (Mallaermé, Kafka, Borges, Joyce, etc) em conjunto com a obra de Maurice Blanchot, O Espaço Literário, afim de buscar os modos com que esses escritores, através da linguagem literária, conseguiram uma espécie de linha de fuga no interior da linguagem.

Local: rua Arruda Alvim, 112 - Pinheiros

Data de início: 19 de março de 2008

Horário: quinzenal às quartas-feiras, das 19h às 21h

Duração: 08 meses

2007

Março a novembro de 2007 | São Paulo/SP

Experimentações cênicas e Intervenções urbanas: diagramas sociais

Objetivo: Mapeamento afetivo dos territórios urbanos; apreensão de um campo abstrato de forças através dos movimentos, gestos, paisagens e equipamentos urbanos, tomados como sintomas e respostas de um campo problemático dos modos de efetuação das potências de uma sociedade.

Data de início: 03 de março de 2007

Horário: quinzenal aos sábados, das 15h às 18h

Ponto de encontro: Praça da Sé

Duração: 08 meses

Práticas em Esquizoanálise

Uso da arte como matéria privilegiada de expressão e reconquista da autonomia mental e corporal; experimentações de espaços e práticas clínicas fora do ambiente PSI. Interpretações dos novos conceitos e orientação de pesquisas temáticas a partir dos volumes I e II da obra Capitalismo e Esquizofrenia (O Anti-Édipo e Mil Platôs).

Local: Rua Aureliano Coutinho, 18, cj. 92, Higienópolis

Data de início: 13 de março de 2007

Horário: às terças-feiras, das 10h às 12h

Duração: 08 meses

Laboratório de Ética da Diferença e Política do Desejo

Práticas desenvolvidas a partir de leitura e interpretação da obra de Gilles Deleuze e Félix Guattari.

Local: Rua Aureliano Coutinho, 18, cj. 92, Higienópolis

Data de início: 15 de janeiro de 2007

Horário: às segundas-feiras, das 9:30h às 12h

Duração: 09 meses

2006

Março a outubro de 2006 | São Paulo/SP

Experimentações cênicas e Intervenções urbanas: diagramas sociais

Objetivo: Mapeamento afetivo dos territórios urbanos; apreensão de um campo abstrato de forças através dos movimentos, gestos, paisagens e equipamentos urbanos, tomados como sintomas e respostas de um campo problemático dos modos de efetuação das potências de uma sociedade.

Data de início: 11 de março

Horário: quinzenal aos sábados, das 15h às 18h

Ponto de encontro: Praça Roosevelt

Duração: 08 meses

Laboratório de Etologia e Comportamento Urbano

Análise dos ciclos de funções das práticas sociais urbanas e seus reflexos e cumplicidades na produção de novos modos humanos de se comportar. Avaliação e interpretação dos devires dos corpos, dos gestos, dos modos de perceber, de agir e de semiotizar o espaço. A partir dos complexos de relações de velocidades e lentidões e da variabilidade das durações, dá-se a tarefa de mapear as séries inventivas ou imitativas dos movimentos urbanos contemporâneos.

Data de início: 03 de agosto

Local: Alameda Barão de Limeira, 630, cj. 82, Campos Elíseos

Horário: quinzenalmente, às quintas-feiras, das 19h às 21h

Duração: 04 meses

Oficina Multicoordenada de Microfísica das Relações do Corpo Social

Objetivo: investigações em torno dos campos polarizados de atenção ou concentração perceptiva que se produzem nos corpos e nos indivíduos, como motores de sentimentos e movimentos de consumo e de demandas energéticas. Toda a arquitetura urbana, a estética, as vitrines, os centros de cultura de consumo e seus apelos que operam como verdadeiros campos magnéticos e hipnóticos como dispositivos de captura de atenção.

Data de início: 01 de abril

Local: Alameda Barão de Limeira, 630, cj. 82, Campos Elíseos

Horário: quinzenalmente, aos sábados, das 10h às 12h

Duração: 03 meses

Oficina Multicoordenada de Biologia Molecular e Novas Práticas de Nutrição

Objetivo: investigações acerca dos processos moleculares constituidores e conservadores do corpo e suas mutações conforme as variáveis dietéticas e práticas nutricionais.

Data de início: 08 de setembro

Local: Alameda Barão de Limeira, 630, cj. 82, Campos Elíseos

Horário: quinzenalmente, aos sábados, das 13h às 15h

Duração: 03 meses

2005

Janeiro a novembro de 2005 | São Paulo/SP

Atmosferas Laboratoriais: Oficina e Núcleo de Pesquisas

Tem como objeto específico produzir condições reais da experiência do corpo e do pensamento, produção de novas atmosferas ou meios como condições existenciais para o corpo e o pensamento.

ATRIBUTOS ou CAPACIDADES

ARTE E CULTURA
SAÚDE, CIÊNCIA E MODOS DE VIDA
EDUCAÇÃO PARA POTÊNCIA (CIÊNCIA DE PRODUÇÃO DO HOMEM)
CIÊNCIAS DA NATUREZA E TECNOLOGIAS (produzir as condições de registro, da síntese)
CIÊNCIAS DOS MODOS HUMANOS, ÉTICA E POLÍTICA
Data de início: 18 de janeiro de 2005
Local: Rua Aureliano Coutinho, 18, cj. 92, Higienópolis

Horário: às terças-feiras, das 19:30h às 22h

Inscreva-se na nossa newsletter para receber conteúdos e também atualizações sobre nossos cursos e eventos.